segunda-feira, 28 de janeiro de 2019

O rompimento da barragem de Brumadinho, em Minas Gerais, trouxe de volta o debate em relação à segurança das represas brasileiras. No Rio de Janeiro são 29 barramentos. Deste total, 6 apresentam um alto Dano Potencial Associado (DPA). “Alto Potencial de Dano significa, em português claro, que são barragens que se tiverem qualquer tipo de problema fora da normalidade destroem cidades próximas ou causam grandes danos à localidade onde se encontram. Caso aconteça algo grave na Lago Javary, por exemplo, o município de Miguel Pereira seria engolido pelas águas”, conta Sergio Ricardo, fundador do Movimento Baía Viva. As barragens que mostram alto Dano Potencial Associado são Juturnaíba, Saracuruna, Rio Imbuí-UT Triunfo, Lago Javary e Gericinó, segundo dados da Secretaria de Estado do Ambiente (SEA) e pelo Instituto Estadual do Ambiente (Inea), órgão encarregado de fiscalizar a segurança dessas estruturas no Estado do Rio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário