REDE CAXIAS TV
RD25NOTÍCIAS

Total de visualizações de página

BAURU E MARÍLIA Prefeito de Bariri suspeito de estuprar criança disse que era policial para convencer vítima a entrar em carro, diz irmã Paulo Henrique Barros de Araújo (PSDB) foi preso em Bauru e, segundo a Polícia Civil, confessou o estupro. Advogado de defesa não se manifestou sobre o caso.
prefeito em exercício de Bariri (SP), Paulo Henrique Barros de Araújo (PSDB), teria se passado por um policial à paisana para convencer uma menina de 8 anos a entrar em seu carro. O político foi preso neste sábado (21) suspeito de ter raptado e estuprado a menor de idade. Na delegacia, segundo o delegado Fábio Mariotto que fez o flagrante, ele teria confessado o estupro, no entanto, na audiência de custódia realizada na manhã deste domingo (22), ele negou todas as acusações. O advogado de defesa do prefeito, Humberto Pastrello, não quis comentar o caso. Na audiência foi decretada a prisão preventiva de Paulo Araújo e a também o sigilo do processo. Ele deve permanecer preso até o final das investigações. Paulo Araújo foi levado inicialmente para o Centro de Detenção Provisória de Bauru (CDP), mas pode ser transferido para outra unidade pela Secretaria de Administração Penitenciária (SAP). O caso será encaminhado para o Tribunal de Justiça de São Paulo, uma vez que o prefeito tem foro especial, que irá definir se as investigações serão mantidas pela Polícia Civil. Conforme o relato da criança para a família, o prefeito teria se passado por policial e dito que um ladrão estaria no bairro e, por isso, levaria a menina de volta para casa. Entretanto, vizinhos viram a garota conversando com um desconhecido e avisaram a família, que acionou a Polícia Militar. Horas mais tarde, a menor de idade foi encontrada em um bairro distante, na Zona Leste de Bauru. Pela manhã, havia saído comprar pão, algo que era comum fazer no bairro José Regino, onde mora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário