quinta-feira, 8 de fevereiro de 2018

TRÊS CRIANÇAS BALEADAS EM MENOS DE 48HS ,O RIO PEDE SOCORRO.

Criança de quatro anos é atingida por bala perdida em São Gonçalo

Menino foi ferido nas costas na Comunidade da Linha, bairro Rio do Ouro. Estado é grave.









Criança é baleada em São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio

A vítima, João Pedro Soares da Costa, foi socorrida pelos familiares e levado para o Hospital Alberto Torres, no bairro de Colubandê. Segundo a unidade, o estado da criança é grave.

De acordo com o 7º BPM (São Gonçalo), não houve operação do batalhão nem confronto com traficantes na favela da Linha, no bairro Rio d'Ouro, em São Gonçalo, na noite desta quarta-feira.

De acordo com informações do Hospital Estadual Alberto Torres, João Pedro já foi operado e está no CTI pediátrico da unidade de saúde.

O menino de 4 anos estava indo a pé para a igreja com o pai, quando o carro de um outro morador entrou an comunidade com os vidros fechados e luz interna desligada. Os traficantes atiraram contra o carro, mas acabaram acertando também o menino. Inicialmente, a polícia informou que João Pedro e seu pai, Rodolfo da Costa Pereira, estavam no carro que foi atingido.

Três crianças baleadas em 48h

Em apenas dois dias, o caso de João Pedro é o terceiro de crianças baleadas no Estado. Um dia antes, uma menina de três anos foi morta numa tentativa de assalto em Anchieta, Zona Norte da capital. Emily foi enterrada no cemitério de Sulacap.

Emily morreu poucas horas antes de Jeremias, de 13 anos. O garoto foi atingido por um tiro no peito na Maré, também na Zona Norte.

O crime ocorreu durante tiroteio entre policiais e traficantes. Jeremias ia para a casa de um amigo. Ele queria ser missionário, estava aprendendo a tocar violão e bateria. Todos os amigos dizem que era craque no futebol.

Nenhum comentário:

Postar um comentário