REDE CAXIAS TV: Transferido em 19 de janeiro, o ex-governador do RJ, Sérgio Cabral, foi enviado ao Paraná por ter privilégios no presídio de Benfica, no Rio; já em Pinhais, Cabral ficou numa solitária de 12 metros quadrados por 15 dias; agora o ex-governador está autorizado a se encontrar com familiares, tomar banho de sol com outros presos e receber comida que vem de fora do presídio, além de ouvir rádio e assistir TV na cela ,Quinze dias após ser transferido para Curitiba, o ex-governador do Rio Sérgio Cabral deixou nesta sexta-feira (2) a triagem do Complexo Médico Penal (CMP), na região metropolitana de Curitiba. Segundo o diretor-geral do Departamento Penitenciário (Depen) do Paraná, Luiz Alberto Cartaxo, o comportamento de Cabral tem sido "exemplar". Transferido em 19 de janeiro, Cabral foi enviado ao Paraná por ter privilégios no presídio de Benfica, no Rio. Já em Pinhais, Cabral ficou numa solitária de 12 metros quadrados, sem direito a receber familiares, tomar sol ou assistir à TV. Em geral, esse procedimento leva 30 dias, mas se o preso se comportar bem, o tempo pode ser reduzido pela metade. Agora o ex-governador está autorizado a se encontrar com familiares, tomar banho de sol com outros presos e receber comida que vem de fora do presídio, além de ouvir rádio e assistir TV na cela. No presídio de Benfica, o ex-governador tinha regalias: visitas a qualquer hora, equipamentos de musculação; disponibilidade de alimentos além dos fornecidos pelo presídio, livre circulação pelo presídio; e acesso a entregas externas. Na última quarta-feira, a Justiça Federal aceitou a 21ª denúncia contra Cabral, desta vez por um esquema de lavagem de dinheiro.
RD25NOTÍCIAS

Total de visualizações de página

Transferido em 19 de janeiro, o ex-governador do RJ, Sérgio Cabral, foi enviado ao Paraná por ter privilégios no presídio de Benfica, no Rio; já em Pinhais, Cabral ficou numa solitária de 12 metros quadrados por 15 dias; agora o ex-governador está autorizado a se encontrar com familiares, tomar banho de sol com outros presos e receber comida que vem de fora do presídio, além de ouvir rádio e assistir TV na cela ,Quinze dias após ser transferido para Curitiba, o ex-governador do Rio Sérgio Cabral deixou nesta sexta-feira (2) a triagem do Complexo Médico Penal (CMP), na região metropolitana de Curitiba. Segundo o diretor-geral do Departamento Penitenciário (Depen) do Paraná, Luiz Alberto Cartaxo, o comportamento de Cabral tem sido "exemplar". Transferido em 19 de janeiro, Cabral foi enviado ao Paraná por ter privilégios no presídio de Benfica, no Rio. Já em Pinhais, Cabral ficou numa solitária de 12 metros quadrados, sem direito a receber familiares, tomar sol ou assistir à TV. Em geral, esse procedimento leva 30 dias, mas se o preso se comportar bem, o tempo pode ser reduzido pela metade. Agora o ex-governador está autorizado a se encontrar com familiares, tomar banho de sol com outros presos e receber comida que vem de fora do presídio, além de ouvir rádio e assistir TV na cela. No presídio de Benfica, o ex-governador tinha regalias: visitas a qualquer hora, equipamentos de musculação; disponibilidade de alimentos além dos fornecidos pelo presídio, livre circulação pelo presídio; e acesso a entregas externas. Na última quarta-feira, a Justiça Federal aceitou a 21ª denúncia contra Cabral, desta vez por um esquema de lavagem de dinheiro.


Nenhum comentário:

Postar um comentário