segunda-feira, 4 de dezembro de 2017

Centrais sindicais cancelam greve geral do dia 5/12.


CONTRA REFORMA DA PREVIDÊNCIA

CONTEÚDO:O POVO ON LINE

As centrais sindicais informaram ontem que cancelaram a greve geral convocada para o dia 5 de dezembro. O motivo, explicam, foi a decisão do governo de retirar da pauta a votação da reforma da Previdência, originalmente agendada para o dia 6, quarta-feira. O documento é assinado pelas seis entidades sindicais (CUT, Força Sindical, UGT, CTB, Nova Central e CSB).

“Nós, representantes das seis centrais sindicais, diante da informação de que a proposta de reforma da Previdência não será votada na próxima semana, decidimos suspender a greve marcada para 5 de dezembro”, afirma a nota, veiculada nos sites das centrais. O texto, no entanto, aponta que caso o governo remarca a votação, uma nova greve será convocada. “Conclamamos todos os trabalhadores e trabalhadoras a continuarem mobilizados”.

Contrárias à reforma da Previdência proposta pelo governo de Michel Temer, as centrais sindicais haviam definido no último dia 24, em reunião na sede da Força Sindical em São Paulo, uma paralisação geral dos trabalhadores em nível nacional.

Nenhum comentário:

Postar um comentário