REDE CAXIAS TV: Menino baleado na cabeça em arrastão no RJ está em estado gravíssimo
RD25NOTÍCIAS

Total de visualizações de página

Menino baleado na cabeça em arrastão no RJ está em estado gravíssimo

RIO DE JANEIRO


CONTEÚDO: G1/Globo

Boletim médico foi divulgado pelo Hospital Estadual Adão Pereira Nunes na manhã desta segunda-feira (4). Menino teve 5 paradas cardíacas.


Carro do pai do menino foi atingido por tiro (Foto: Reprodução/ TV Globo)Carro do pai do menino foi atingido por tiro (Foto: Reprodução/ TV Globo)

Carro do pai do menino foi atingido por tiro (Foto: Reprodução/ TV Globo

O menino de oito anos que foi baleado na cabeça durante um arrastão em Gramacho, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, apresenta estado de saúde gravíssimo. O boletim médico foi divulgado na manhã desta segunda-feira (4).

Desde que foi internado no Hospital Estadual Adão Pereira Nunes, o menino teve cinco paradas cardíacas e está em observação. De acordo com o irmão da criança, que conversou com o Bom Dia Rio, os médicos aguardam a reação do corpo da criança.

A criança estava no banco de trás do carro do pai. O veículo passava pela Avenida Gomes Freire, em Gramacho, quando começou um arrastão. O pai viu a movimentação dos criminosos e tentou fugir. Os bandidos perceberam e atiraram contra o carro. Vendo o filho ser atingido, o pai correu com o automóvel até o hospital, onde a criança foi internada.

Pelo menos cinco disparos atingiram o carro onde o pai e a criança estavam. Ele levava o menino para a casa da mãe.

“Ele está lutando pela vida. Os médicos falaram agora que, infelizmente, ele não está tendo uma reação nem a dor e nem a nada que eles estão fazendo”, explicou Leonardo dos Santos Macedo, irmão da criança.

A bala ficou alojada na cabeça do menino. A Polícia Militar busca os criminosos.

“A família está toda arrasada. Todo mundo está a base de calmantes. Em um trajeto que o meu pai faz praticamente todo dia, mas infelizmente não tem segurança em lugar nenhum, tá bem complicado”, lamentou Leonardo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário