domingo, 25 de junho de 2017

Morre mais uma vítima do acidente na BR-101, em Guarapari, ES

Domingos Sávio, de 24 anos, estava no ônibus, que seguida de São Paulo para Vitória. Ele teve 95% do corpo queimado.

Fonte:G1/GLOBO

Domingos Sávio (Foto: Arquivo pessoal)

Morreu na manhã neste domingo (25) mais uma vítima do acidente ocorrido na manhã da última quinta-feira (22), na BR-101, em Guarapari, envolvendo uma carreta que transportava rocha, um ônibus da Viação Águia Branca, uma mini-van da Prefeitura de Jerônimo Monteiro e uma ambulância da Prefeitura de Alfredo Chaves.

Domingos Sávio, de 24 anos, estava no ônibus, que seguida de São Paulo para Vitória. Ele teve 95% do corpo queimado no acidente e estava internado no Hospital Jayme Santos Neves, na Serra. O corpo dele já foi encaminhado nesta manhã para o Departamento Médico Legal (DML), na capital.

Com a morte do jovem, sobiu para 23 o número de vítimas fatais no acidente, que deixou mais de 20 feridos.

Viagem

Domingos viajava com a mãe, Maria Selma Thomaz da Silva, para visitar a família. Ele é deficiente auditivo e foi levado inicialmente para a Santa Casa de Cachoeiro de Itapemirim. Durante a manhã, foi transportado para o Jayme Santos Neves de helicóptero.

A mãe do rapaz continua internada, também no Jayme Santos Neves, e o estado de saúde dela é grave.

Tragédia

A tragédia na BR-101, em Guarapari, aconteceu após a colisão entre a carreta, um ônibus de viagem e duas ambulâncias, no início da manhã desta quinta-feira (22). Vinte e duas pessoas morreram e outras 21 ficaram feridas.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) disse que a carreta transportava uma carga além da permitida e estava com pneu careca. O governo do estado decretou luto de três dias. Esta foi a pior tragédia em rodovias da história no Espírito Santo, segundo o secretário de Segurança Pública do Estado

Nenhum comentário:

Postar um comentário